sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Escolha de vagas para professores ACTs: O Respeito passa longe!


Os dados da precarização das condições de trabalho na educação são alarmantes, tanto na parte estrutural das escolas como nos contratos dos profissionais. Números da CNTE e DIEESE apontam que 50% dos professores da educação básica no Brasil são contratados temporiamente. Em SC são chamados de ACTs (admitidos em caráter temporário) e confirmam esses dados nacionais. Apesar do último concurso ainda temos um grande déficit de efetivos na rede estadual. É preciso continuar lutando por concurso amplo para todos os setores.
Como se não bastasse isso, passamos todos os anos por um processo seletivo para conseguirmos vaga em uma escola. Há anos o processo de escolha de vagas acontece em locais inadequados, nas escadas da gerência ou no refeitório de uma escola sem as mínimas condições de acomodação para o grande número de professoras que ocupam o local. Falta transparência na escolha de vagas, os professores não têm acesso as vagas escolhidas, falta água, falta ventilação, falta informação. O que não falta é calor. Apesar dos avisos à gerencia durante o ano sobre essas condições, nada foi feito. E isso não é exclusividade da regional de Joinville  http://sinte-sc.org.br/problemas/calor-castiga-trabalhadores-na-escolha-de-vagas-dos-acts-em-florianopolis/
E não pára por aí. No inicio do ano veremos as propostas do governo para o magistério catarinense. É hora de nos organizarmos e acabarmos com todo esse descaso. 







terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Fotos da Confraternização Final de Ano


O SINTE/Joinville agradece a presença de todos os professores que compareceram na confraternização de final de ano da categoria, comemorando mais um ano de luta.











































segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Orientações da SED sobre a Estabilidade Provisória / 2015




Cronograma 1ª Chamada ACT 2015


A Gered de Joinville divulgou esta semana o cronograma da 1ª Chamada de ACTs para o ano letivo de 2015. O Sinte Joinville acompanhará a escolha de vagas.

Segue abaixo os dias, horários e disciplinas ofertadas:







10/12/14
Quarta-feira
Horário

Disciplinas
Área
13;30
3307-Tecnologia Educacional
II
13:30
612-Ciências
II
14:00
855-Biologia
III
14:00
301-Matemática
II
14:30
301-Matemática
III
16:00
513-Química
III
16:30
475-Física
III
17:00
628-Artes
II
17:00
3467-Laboratório de Biologia
3468-Laboratório de Matemática
3465-Laboratório de Química
3466-Laboratório de Física

17:30
3542-PENOA –Matemática
II/III







11/12/14
Quinta-feira
Horário

Disciplinas
Área
09:00
CEJA
VI
09:00
214-Saede/DA,  265-Saede/DM, 2474-Saede/Misto, 1155-Intérprete de Libras, 1344-Segundo Professor,  2473-Segundo professor de turma Bilingüe-LIBRAS.
V
13:30
304-História
II
14:00
304-História
III
14:30
302-Geografia
II
15:00
302-Geografia
III
16:00
536-Filosofia
III
16:30
437-Sociologia
III
17:00
611-Ensino Religioso
II

18:00
CEDUP











12/12/14
Sexta-feira
Horário

Disciplinas
Área
09:00
001-Anos Iniciais
I
11:00
1003-Didática/Educação Infantil
1004-Didática/Anos Iniciais
594-Estágio Supervisionado/Educação Infantil
587-Estágio Supervisionado/Anos Iniciais
1805-Magistério/Libras
III
13:30
1119-PENOA-Práticas Pedagógicas(65)
II
13:30
202-Língua Portuguesa
II
14:00
401-Língua Portuguesa e Literatura
III
14:30
319-Inglês
II
15:00
319-Inglês
III
15:30
323-Alemão
II/III
15:30
320-Espanhol
II/III
15:30
307-Educação Física
II
16:30
3463-Professor Orientador de Leitura
3464-Orientador de Convivência (307/65)
3315-Orientador de Educação Integral (+ educação) (65)

17:00
3541-PENOA-Lingua Portuguesa
II/III


LOCAL: EEB GERMANO TIMM.
RUA ORESTES GUIMARÃES, 406, América.  




terça-feira, 2 de dezembro de 2014

SINTE recebe resposta da SED sobre Proposta Global e Calendário Escolar 2015


O SINTE/SC recebeu hoje, 02/12, pelos Correios, os ofícios da Secretaria da Educação que respondem as solicitações do sindicato, também enviadas através de ofícios, que pediu cópia integral da “Proposta Global de Revitalização do Plano de Carreira do Magistério” e audiência em caráter emergencial para deliberar sobre a pauta de reivindicações aprovada na Assembleia Estadual de 12/11, bem como, requerimento de audiência para tratar do calendário escolar de 2015.

Plano de Carreira e Audiência Emergencial

Sobre estas questões, a SED informou que está aguardando o posicionamento do Governo acerca dos encaminhamentos em relação ao mandato que se encerra, pois poderá haver mudanças na secretaria. Somente após a definição pretende organizar uma agenda formal de discussão com o sindicato.
Quanto à pauta de reivindicações, a SED afirma que aguarda as definições acima citadas e o índice de reajuste do valor do Piso Nacional do magistério para o fechamento de uma proposta, esta que será colocada em discussão com a categoria para posterior encaminhamento de projeto de lei.
Veja ofício abaixo com os demais questionamentos feitos pelo SINTE/SC:



Calendário Escolar 2015

Como já esperávamos, pois acontece todos os anos, sobre o pedido de audiência e possível alteração do calendário escolar 2015, proposta pelo SINTE/SC, respeitando a autonomia das escolas e suas atividades regionais, a SED afirma que em conversa com a Diretoria de Educação Básica e Profissional ficam inviabilizadas qualquer alteração no calendário. O ofício fala ainda sobre os concursos de ACTs e sua contratação e sobre a possibilidade de ser repensado o “Exame Final” para 2016.
Veja ofício abaixo:




quinta-feira, 27 de novembro de 2014

PLANO DE CARREIRA: Documentos que circulam na internet não são oficiais


Como é de conhecimento de todos/as o Governo do Estado estuda alterações no atual Plano de Cargos e salários do Magistério Público Estadual e o SINTE/SC, desde 2011, vem tentando discutir com o governo o PCCS (Plano de Carreira Cargos e Salários). O que ficou acordado entre o sindicato e o Estado é que assim que a proposta global estivesse pronta seria enviada entidade, contudo, até o momento não recebemos nenhum documento oficial.
Diante da demora de um retorno, representantes da Executiva do SINTE estiveram na última terça-feira, 25, na Secretaria da Educação, quando protocolaram um ofício solicitando audiência em caráter emergencial até o dia 01/12/2014, para tratar da pauta salarial aprovada na Assembleia Estadual de 12/11/2014. Quem recebeu o documento foi o Chefe de Gabinete Mauro Tessari.
Extra oficialmente está circulando pelas redes sociais um estudo do Plano de Cargos e Salários do Magistério Público Estadual, elaborado pela DIGP (Diretoria de Gestão de Pessoas), que propõe alteração em várias leis que regulamentam os direitos dos trabalhadores da rede pública do Estado, tais como: a Lei Complementar nº 1.1139/92 (PCCS), a Lei 6.844/86 (Estatuto do Magistério) e a Lei 170/98, que regulamenta o sistema de Ensino de Santa Catarina.
O documento publicado não é oficial e nem foi encaminhado ao SINTE/SC e de acordo com as informações do Mauro Tessari, esta é provavelmente uma das cópias dos vários estudos que a SED vem fazendo sobre o assunto, que “vazou” sem qualquer autorização ou assinatura do Governo do Estado.
Reafirmamos que o SINTE/SC vem exigindo que o governo apresente sua proposta oficial para que a entidade possa discuti-la e opinar sobre as possíveis mudanças no PCCS e na descompactação da tabela salarial, antes que o projeto seja enviado à Assembleia Legislativa. Precisamos ser cautelosos com as informações que não são oficiais, pois este é um assunto sério e afeta a vida profissional de todos/as os/as trabalhadores/as em educação.
Em virtude disto estamos alertando aos/as trabalhadores/as que tenham cautela com qualquer documento que não esteja assinado, pois qualquer proposta que for veiculada em nossos meios de comunicação deverá passar por uma criteriosa avaliação das instancias do sindicato, e é por ela que a categoria deve se pautar.
Voltamos a repetir, o SINTE/SC não recebeu nenhum documento até o momento, portanto não podemos emitir nossa opinião sobre alguma coisa que a priori não é oficial, sob o risco de sermos acusados de inconsequentes. No entanto, não podemos ser ingênuos/as e acreditar que o governo será benevolente conosco, por isso a categoria, deve ficar atenta, fazer a discussão nas escolas e se preparar para as futuras mobilizações de enfrentamento, pois como já sabemos não vamos receber nada de graça.
Lembramos também que tanto os Conselhos quanto a Assembleia Estadual ocorridos no dia 12/11 em Campos Novos, reafirmaram tudo o que vem sendo discutido sobre o assunto desde 2011, e a questão principal a ser levada em consideração é que não abriremos mão de nenhum direito conquistado pela categoria. No entanto, é preciso ter clareza e entender que isto só acontecerá se não nos amedrontarmos diante das ameaças que certamente virão. Esta é a nossa vida e a nossa luta, vamos encará-la de frente e com a cabeça erguida.




segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Colombo quer retirar Direitos!


Companheiras (os)

Chegou a nosso conhecimento o documento em anexo que se refere a estudos do Governo Colombo não só em nosso Plano de Carreira (1139/92), mas também no Estatuto do Magistério (6844/86) e na lei que regulamento o Sistema de Ensino em Santa Catarina (170/98).
Uma rápida consulta mostra que o Governo pretende implantar a meritocracia, aumenta o numero de aulas de 32 para 35,5 ao invés de cumprir um terço de hora atividade, mudando de hora aula para hora relógio, o que vai diminuir as aulas para contratar os ACT’s.
A descompactação da tabela salarial que será realizada até novembro de 2018, embora o documento não diga, o Governo já havia comunicado ao SINTE/SC em audiência, se dará com a incorporação de todas as gratificações e enquanto nosso vencimento for maior que o Piso Salarial não teremos o reajuste, ou seja, a descompactação será em grande parte feita com nosso próprio dinheiro e os percentuais muito abaixo do que tínhamos na tabela anterior a greve de 2011.
A jornada de trabalho passa a ser de apenas 20 horas relógio para os novos ingressantes. A progressão horizontal por tempo de serviço deixa de existir e a por curso hoje com 80 horas passa a ser com 200 horas.
Divide a categoria em quatro grupos o que pode permitir jornada, férias, gratificações e etc diferentes para cada grupo.
Inclui matéria de um jornal que fala que o Governo pretende acabar com a licença premio.
Vamos estudar os materiais e tirar todas as conclusões, sendo que uma coisa é certa: o Governo quer retirar direitos e não valorizar os trabalhadores em educação!
Vamos discutir imediatamente em cada escola e preparar a luta contra a, definitiva, destruição do nosso Plano de Carreira.
Em 2015, exigimos:
Pagamento do Piso em janeiro, integral e na carreira!
Revisão da Lei dos ACT’s! Trabalho igual direitos iguais!
Fim do Decreto que impede as progressões! Abono das faltas!


MARCUS SODRÉ
Vice Coordenador Estadual SINTE/SC
CSP Conlutas

terça-feira, 18 de novembro de 2014

II Encontro Estadual de Relações Étnicos Raciais do SINTE/SC

DIA 21 DE NOVEMBRO - CFH – UFSC

Objetivos do Encontro:
  1. Discutir as questões raciais no Brasil, especialmente em Santa Catarina, considerando os aspectos históricos e sociológicos com implicações na educação.
  2. Identificar os impactos da implementação das Leis 10639/2003 e 11645/2008 no estado de SC.
  3. Formular estratégias para consolidar a legislação antirracista junto aos/às trabalhadores/as em educação

Programação:
Manhã
Credenciamento: 8hs às 9hs
Abertura:
Atividade Cultural – 9hs às 9:15hs
Mesa de abertura – 9:15hs às 10hs
Luiz Carlos Vieira – Coordenador Estadual do SINTE/SC, Marcelo Serafim – Secretário Adjunto de Organização e Interior do SINTE/SC, Vanda Piñedo – Movimento Negro Unificado (MNU) e Representante do Movimento Raça e Classe.
Intervalo para café – 10hs às 10:15hs
Atividade Cultural – 10:15 às 10:30
Palestra – 10:30hs às 11hs

Educação e os Desafios para a Implementação das Leis 10.639/03 e 11.645/08: “Territórios, Direitos e Cidadania”

Palestrante: João Carlos Nogueira- Sociólogo, Doutorando em Quaternário, Materiais e Cultura/ Gestão do Território (UTAD/Portugal)
Debate – 11hs às 12hs
TardeRetorno – 14hs
Filme/documentário – 14hs às 14:30hs
Trabalho em grupo – 14:30hs às 15:30hs
Objetivo do trabalho em grupo: Produzir um diagnóstico situacional sobre a educação e as relações étnico-raciais em SC. (uma questão para cada grupo):
  1. Aplicação do sistema de Cotas na educação em SC.
  2. Quais as estratégias para implementação das leis 10639/2003 e 11645/2008?
  3. Qual o papel do SINTE no combate ao racismo e na implementação das leis 10639/2003 e 11645/2008?
Intervalo para café 15:30hs às 15:45hs
Plenária Final
Relato dos trabalhos em grupo 15:45hs às 16:15hs
Encaminhamentos
Encerramento com Atividade Cultural – 17hs
Prazo para inscrição: 10/11/2014

Critérios de Participação:
Preferencialmente profissionais da educação que trabalham ou tem interesse em trabalhar com a temática étnico racial na educação básica e a implementação das Leis 10.639/2003 (História da África) e 11645/2008 (Educação indígena).
O Centro de Filosofia e Ciência Humanas da Universidade Federal de SC (Campus Florianópolis) e o SINTE/SC estão desenvolvendo e discutindo a possibilidade de oferecer curso ou programa de formação continuada, em nível de aperfeiçoamento ou pós graduação com o objetivo da capacitação educacional e política na temática específica do encontro.
Todos os participantes deverão ser filiados ao SINTE/SC.

Vagas por regional:
Serão garantidas 05 vagas por Regional.
As regionais que tiverem mais que 05 pessoas interessadas em participar, poderão enviar também a inscrição de suplentes.
As inscrições deverão ser enviadas, impreterivelmente, até o dia 10/11/2014. (As regionais que não enviarem as inscrições até esta data, terão suas vagas remanejadas para aquelas que tiverem mais pessoas interessados em participar).
Pedimos que nas assembleias regionais e reuniões de representantes seja informado sobre o encontro, para indicação ou eleição dos nomes de seus representantes.



http://sinte-sc.org.br/eventos/ii-encontro-estadual-de-relacoes-etnico-raciais/