Sinte - Regional de Joinville

Sinte - Regional de Joinville

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Encaminhamentos da assembleia estadual e campanha salarial

No dia 5/9 aconteceu a assembleia estadual do Sinte, em Florianópolis.
As pautas discutidas foram a campanha salarial, as municipalizações e fechamentos, as perseguições a professores e dirigentes sindicais, o recreio monitorado, a violência nas escolas, as reformas, entre outras.

Estes foram os encaminhamentos aprovados:

  • Adesão às mobilizações no dia 14/09, unificadas a outras entidades e/ou centrais, contra a Reforma da Previdência;
  • Campanha contra a municipalização, sucateamento, fechamento e militarização das escolas;
  • Realização de seis seminários para debater sobre violência nas escolas, PL 24/2017, BNCC, Lei da Mordaça, Reforma do Ensino Médio e municipalização;
  • Caravanas de mobilização nas regionais, antes dos seminários, para mobilização e filiação;
  • Adesão às datas de paralisação e mobilização, de acordo com o calendário nacional aprovado pelas centrais sindicais;
  • Elaboração e divulgação de orientações atualizadas sobre recreio monitorado;
  • Montagem de uma equipe no sindicato para acompanhar os processos administrativos abertos pela SED e GEREDs contra professores e dirigentes sindicais;
  • Coleta de assinaturas para apresentação de projeto de lei de iniciativa popular, exigindo a revogação Reforma Trabalhista;
  • Realização de uma campanha contra racismo, homofobia e todas as formas de discriminação;
  • Realização de um encontro para discussão da questão étnico-racial, relacionado ao dia 20/11 (dia da consciência negra);
  • Exigir a revogação da Lei 491/2010, que trata sobre processos administrativos,
  • Encaminhamento de moção contra as perseguições de professores e dirigentes sindicais;
  • Elaborar orientação sobre o projeto de lei 24/2017.

Uma representação de dirigentes esteve na Secretaria de Educação para exigir resposta ao ofício que solicitava audiência sobre o edital do concurso público, entre outros temas.

CAMPANHA SALARIAL
Na assembleia estadual, a regional de Joinville do Sinte defendeu a construção de uma campanha salarial e a luta por uma pauta de reivindicações clara e objetiva. O Sinte/Joinville propôs que uma assembleia fosse realizada no dia 8 de novembro para discutir com a categoria os pontos da campanha e que posteriormente, no dia 6 de dezembro, fosse realizada a entrega do documento ao governo.

Como contraproposta, a direção estadual sugeriu que o conselho deliberativo decidisse se haveria ou não uma campanha salarial.

Na votação das duas propostas, não houve consenso entre os trabalhadores. A mesa da assembleia, no entanto, negou-se a fazer a contagem de votos, mesmo que solicitada como questão de ordem.

O Sinte/Joinville lamenta a decisão da mesa e da direção estadual. Há anos, a regional defende a construção de uma campanha salarial para a categoria, na luta por melhores condições de trabalho. Uma vez mais, a pauta é ignorada pela estadual.


Nenhum comentário:

Postar um comentário