Sinte - Regional de Joinville

Sinte - Regional de Joinville

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Regional também fará assembleia com ACTs no dia 11

Fátima é professora ACT e trabalha em uma grande escola de Joinville. Ela não tem plano de saúde e trata sua depressão no posto de saúde do bairro. Os retornos para falar com o médico demoram e Fátima chega a ficar sem remédios por não conseguir uma receita.

Fátima não conseguiu ir ao trabalho algumas vezes este ano por conta de sua doença. O PA não fornece atestado e o médico que atende Fátima só pode atender quando há vagas no posto de saúde. Fátima não tem atestados que justifiquem suas faltas. Depois de nove faltas, Fátima foi demitida. 

Fátima é um nome fictício, mas a situação é verdadeira. Durante o ano letivo, o professor ACT que tiver três faltas injustificadas consecutivas ou cinco alternadas é demitido do seu contrato com o estado. É o que determina a lei nº 16.861, de 28 de dezembro de 2015, a Lei do ACT. 

Os professores ACTs têm uma situação funcional frágil, um contrato precário e insuficiente que os coloca em permanente risco. Exigir isonomia, igualdade de direitos e de benefícios entre ACTs e efetivos é tarefa urgente de toda a categoria. O Sinte precisa organizar este setor que compõe metade dos professores da rede estadual. 

Por isso, a direção Regional de Joinville do Sinte convoca todos os professores para uma grande assembleia, que terá um ponto exclusivo sobre a situação dos ACTs. 

O Sindicato espera todos no dia 11 de novembro, às 9h, no auditório do Sinsej. É urgente levantar a bandeira pela revogação da Lei do ACT e pela isonomia entre efetivos e ACTs. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário