Sinte - Regional de Joinville

Sinte - Regional de Joinville

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

SINTE/SC tem audiência com FCEE para tratara de denúncias de Assédio Moral


Na tarde de ontem, 22/10, o SINTE/SC através do Coordenador Estadual Luiz Carlos Vieira, Secretário Geral Carlos Figueiredo e Secretária de Organização Rosangela Barreiros estiveram reunidos na Fundação Catarinense de Educação Especial – FCEE com o Diretor Administrativo Rubens Feijó, a Consultora Jurídica Ana Paula Darós e a Presidente da Associação dos Servidores da Fundação Elisete Vieira para tratar de diversas denúncias e reclamações de trabalhadores ligados a FCEE e as APAES conveniadas. Os casos que estão acontecendo em várias regiões do Estado, vão desde processos administrativos, afastamentos e assédio moral sofrido pelos servidores.

De acordo com SINTE geralmente nos processos a culpa recai apenas nos professores/as que acabam sendo punidos, enquanto os assediadores em alguns casos apenas trocados de lugar. A FCEE questionou e disse que também gestores são assediados. O Coordenador do Sindicato destacou que a entidade quer discutir no sentido de minimizar tais situações, e que mesmo atuando na defesa do trabalhador não quer colocar panos quentes, contudo, não podemos permitir chegar ao extremo, afirmou.

Dentre tantos, dois casos que estão em andamento foram destacados na reunião, um no CAPs, que fica dentro das instalações da FCEE e outro na APAE de Xanxerê, ambos com graves desdobramentos como processos administrativos, judiciais e risco para a integridade física de envolvidos.

O SINTE solicitou uma reunião com o Presidente da FCEE Eliton Carlos Verardi Dutra e todos os envolvidos no caso do CAPs, pois segundo informações repassadas ao SINTE os funcionários estão com medo de falar, pois além do assédio existem outros problemas no setor.

lações pessoais entre os colegas, para falar dos problemas, questionarem-se frente a frente, dialogar. É o momento onde cada um pode colocar sua posição, tanto coordenação, quanto professores/as.

O caso de Xanxerê, o processo administrativo já está finalizado, faltando apenas a assinatura do presidente da FCEE. Mesmo assim, o SINTE solicitou que os trabalhadores mesmo antes do final do processo sejam remanejados, pois dada a gravidade da situação que tomou grandes proporções na cidade, é preciso garantir a integridade física dos envolvidos. A FCEE afirmou que vai analisar as possibilidades.

A Consultora Jurídica da FCEE afirmou estar atuando em ambos os casos e que tem conhecimento dos outros, entretanto, diz que a instituição muitas vezes fica de mãos atadas já que os/as Presidentes da APAES e os pais é que indicam os Diretores e Coordenações e com o aval da Federação das APAES e a FCEE não pode interferir. Ela diz ainda que estão pensando em possibilidades de modificar os contratos de convênios, criando cláusulas ou critérios que tentem coibir o assédio moral sob pena da rescisão dos mesmos.

O Diretor Administrativo da fundação se comprometeu em agendar o encontro entre os envolvidos do caso do CAPs, SINTE/SC e o Presidente da FCEE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário