Sinte - Regional de Joinville

Sinte - Regional de Joinville

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Conselho Deliberativo do SINTE confirma indicativo de greve a partir de março

A primeira reunião do Conselho Deliberativo do SINTE/SC de 2014 aconteceu nos dias 14 e 15/02, onde mais de 120 conselheiros, eleitos para representar a categoria das 30 regionais e municipais do sindicato
discutiram os rumos a serem tomados pela entidade, diante da posição adotada pelo governo Colombo para a educação.

Durante os dois dias de debates, os representantes das regionais trouxeram informes que deixaram clara a
revolta da categoria, que rejeitaram de forma unanime a proposta de parcelamento de reajuste do piso feita
pelo governo. Os(as) trabalhadores não aceitam mais o descompromisso e a leviandade do governo para com a educação em Santa Catarina, com escolas sem estrutura, salas lotadas, falta de vagas para o Ensino Médio especialmente na grande Florianópolis, escolas sendo fechadas ou cedidas a terceiros, merenda de qualidade duvidosa, sem contar a violência que impera dentro de grande parte das unidades escolares.

Vale relembrar que no final de 2013, Colombo aprovou um pacotaço de projetos que indignou servidores de vários setores do funcionalismo público. Desde então, ampliou-se as discussões do Fórum de Servidores
Públicos do Estado, com a participação ativa dos(as) dirigentes do SINTE. Estas discussões culminaram na
deliberação de um grande Ato, que acontecerá dia 18/03, após a Assembleia Estadual do Magistério. Neste
ato os(as) servidores(as) denunciarão à sociedade catarinense, a política de desvalorização e descaso com o
serviço público aplicada pelo Governo Colombo. Precisamos tomar as rédeas da situação e dar um basta!

Neste contexto, foram discutidas e analisadas, a atual conjuntura política estadual e nacional, a proposta de
parcelamento do reajuste feita pelo Governo do Estado e a partir disto, importantes decisões foram tomadas
e a principal delas, foi a aprovação pela maioria do indicativo de greve a partir da paralisação nacional
convocada pela CNTE, nos dias 17, 18 e 19 de março, com Assembleia Estadual marcada para o dia 18/03, onde a categoria deverá discutir e decidir os rumos da luta.

Entre os principais encaminhamentos de Conjuntura e Plano de lutas estão:

1 - Participação do SINTE/SC na greve nacional em março, convocada pela CNTE (17 a 19/03);
2 - Mobilizações para a greve nacional – Calendário
17/02 a 07/03 - Reunião de representantes;
10/03 a 17/03 - Assembleias Regionais;
17/03 - Atos regionais nas GEREDs/SDRs, com panfletagem;
18/03 – Assembleia Estadual e Ato Unificado com Sindicatos dos Servidores Públicos em
Florianópolis.
19/03 – Assembleias Regionais para encaminhar decisões da Assembleia Estadual;
Ato na ALESC quando o projeto de reajuste parcelado for para votação;
3 - Indicativo de greve por tempo indeterminado a partir da greve nacional;
4 – Nossa pauta é:
Reajuste na carreira conforme a lei do piso e retroativo a janeiro/2014,
Descompactação da tabela salarial já;
Revogação do decreto das progressões e abono/anistia das faltas de todas as
mobilizações;
5 – Cobrar a alteração da lei dos ACTs;
6 - Continuidade das denúncias sobre os problemas de estrutura das escolas, com envio de material e
divulgação das condições precárias em que se encontram;
7 - Contra o decreto que estabelece a forma de escolha de diretores das escolas.

Contato para outras informações e entrevistas:
Graciela Caino Fell
Jornalista Profissional
MTB: 455SC
ASSESSORA DE IMPRENSA SINTE – SC
(48) 9178-9026 ou 3224-6257
impresa@sinte-sc.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário