Sinte - Regional de Joinville

Sinte - Regional de Joinville

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Nota de Repúdio

Governador declara que pagou os 22% de reajuste ao magistério em 2012


O SINTE/SC repudia as declarações do Governador Raimundo Colombo ao Jornal Diário Catarinense de hoje, 20 de junho, página 15, no Informe Econômico. Na nota, Colombo declara que: “Lembrou que os professores receberam um reajuste de 22% este ano”.

O sindicato garante que o único reajuste pago à categoria foi através de gratificações concedidas aos trabalhadores (as) da educação, os quais, não recebiam o teto mínimo de R$1450,00, uma adequação, para que os mesmos alcançassem esse valor, como rege a Lei. Contudo, os servidores da educação pública do estado, até agora, receberam apenas 8% de reajuste, 4% pagos em janeiro e 4% em maio, mesmo percentual concedido a todos os servidores do Estado.

O SINTE lembra que o pleito da categoria é o reajuste de 22% na carreira, hoje achatada, e para todos, ou seja, a aplicação da Lei do Piso para os profissionais desde o nível 1A ao 12G, na atual tabela do plano de carreira.

O SINTE declara ainda, que se sente ofendido com as declarações do Governador, este que esqueceu a greve deflagrada neste ano, reivindicando o reajuste do piso, bem como, as mesas de negociações que ainda estão acontecendo para tentar encontrar uma saída para a categoria. Vale salientar também, que este Governo disse que não pagará o reajuste esse ano, em sua última proposta, é sugerido o pagamento parcelado em cinco vezes, até dezembro de 2013. Porém, a Lei é clara, e estabelece que o reajuste dever ser pago a partir de janeiro desse ano. Sendo assim, o Governo não está cumprindo a Lei do Piso Nacional para o magistério catarinense.

Veja a declaração do Governador:

2 comentários:

  1. Não existe nada na lei que possa impor a este sr. Improbidade Administrativa? Ou srs. desta estirpe são intocáveis e "imexíveis'.
    São dezenas de milhares de pessoas que clamam no deserto e não meia dúzia de gatos pingados!
    Algo deve ser feito, para podermos sair deste picadeiro.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Não é a toa que o lema do sr. Raimundo era "As pessoas em primeiro lugar", e do seu padrinho político sr. Luiz Henrique "Por toda Santa Catarina". Então está aí, sras. e srs., eles estão colocando em prática as políticas públicas voltadas à Educação, Segurança e Saúde de que tanto falaram que fariam caso eleitos. Podem ver que tudo está ao léu... Não sabem em que frente atuar, o que o catartinense está precisando, porque ou são e foram maus administradores respectivamente, ou não sabem escolher as pessoas capacitadas e competentes nas devidas funções para auxiliá-los na administração do estado, em outras palavras, administrar nosso dinheiro advindo dos impostos. Pelo contrário, fizeram de SC um cabidaço de emprego, a começar pelas SDRs, que era para agilizar os trabalhos. No entanto, muitas vezes o erário público perde-se nestas secretarias.
    Sintetizando rapidamente, o circo está armado, e o palhaço que puder mantenha-se em pé no picadeiro, pois os que estão na esfera estadual e seus apaniguados já estão lá. Ou temos outras alternativas, já a começar pela esfera municipal.
    Porque LEI, esses srs. não respeitam.
    P.S. Sem esquecer que tiveram e têm o apoio de um sr. de nome Pavan.
    Abraços.

    ResponderExcluir