Sinte - Regional de Joinville

Sinte - Regional de Joinville

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Escolas interditadas em pauta

Audiência Pública realizada no dia 21/06 (quinta-feira), discutiu a interdição das Escolas Estaduais de Joinville

O Sinte Jlle participou mais uma vez, em 2012, da discussão sobre as escolas interditadas. A discussão foi chamada pela Comissão de Educação da Assembleia Legislativa em conjunto com a Comissão de Educação da Câmara de Vereadores de Joinville. Esta audiência foi um dos encaminhamentos tirados na audiência realizada no dia 5 de março último, e só aconteceu após muita insistência por parte do Sinte e da Câmara de Vereadores.

O debate contou com a presença do deputado Carlos Chiodini (presidente da comissão de educação), dos vereadores da comissão, representantes do Sinte Estadual e Regional, da Secretaria de Estado da Educação, além de pais, professores e estudantes.

A comunidade escolar presente cobrou dos representantes do governo, solução imediata para o problema das escolas interditadas (parcialmente ou totalmente) no município. Os representantes do governo mais uma vez usaram a burocracia do estado como desculpa pela demora nas reformas.

Para o Sinte Joinville, o governo foi negligente, pois as escolas já vinham com problemas estruturais durante anos. As interdições só aconteceram porque o estado não efetuou as obras de reforma necessárias, solicitadas pela Vigilância Sanitária em anos anteriores, sendo realizadas somente medidas paliativas (“maquiagem”). A situação é de abandono, o que ficou provado com as fotos e laudos apresentados.

Após vários questionamentos foi apresentado o encaminhamento de se levar a situação ao governo do Estado (governador e secretário), cobrando solução para os problemas.

O deputado encerrou a audiência não permitindo que a representante do Sinte Jlle apresentasse o encaminhamento de se formar uma comissão de pais, professores e estudantes para acompanhar os desdobramentos desta discussão.

Texto: Sinte Joinville

Nenhum comentário:

Postar um comentário