Sinte - Regional de Joinville

Sinte - Regional de Joinville

terça-feira, 12 de julho de 2011

SINTE/SC está de olho na ALESC!

Nesta 3ª feira, centenas de professores ocuparam a ALESC e conseguiram impedir a votação do Projeto de Lei Complementar  nº 026/2011, que altera a tabela salarial do magistério. O projeto  não recebeu parecer hoje na Comissão de Constituição e Justiça da ALESC. Segundo o relator, deputado Joares Ponticelli, será aguardado um entendimento entre professores e Governo, como também, com os líderes de bancada, para só depois encaminhar a PLC à votação.

No entanto, a categoria continua alerta. É sabido que o Governo quer a aprovação do projeto antes do recesso parlamentar, que inicia em 15 de julho. Neste sentido, os parlamentares integrantes da CCJ poderão conceder, a qualquer momento, o parecer e o PLC entrar na pauta de votação do plenário em regime de urgência até 5ª feira.

O líder do PT Dirceu Dresch já adiantou que a bancada petista votará contra o PLC 026. Os deputados petistas, assim como o SINTE/SC, defendem a retomada das negociações do Governo com os trabalhadores em Educação.

Centenas de professores ocuparam a entrada e galerias da ALESC duratne todo o dia de hoje. Com faixas e cartazes estampando frases de protesto contra o PLC 026, eles apontavam que o projeto desfigura o nível e referência da tabela salarial do magistério e os prejuízos ao Plano de Carreira.

Os trabalhadores reivindicam uma negociação com o governo para a discussão e elaboração de um projeto que contemple o Piso na carreira com a manutenção de todos os direitos dos profissionais do magistério.

2 comentários:

  1. É interessante a reflexão, e correta:
    Marcelo Magalhães de Laguna comentou 10/07/2011 12:16:32:
    Srª mdolreus...
    Já existe uma ação no Ministério Público de SC, inclusive a Promotoria da Vara e Infância do Estado já Ordenou ao Exc° "Viajando Colombo" que fosse garantido o "ano letivo" dos nossos alunos, pois bem, como a Nossa Greve é Legal (está dentro da Lei, sendo que nosso "governinho" se acha "acima dela"), ele terá que a partir desta segunda (dia 11/07) contratar (no lugar dos Guerreiros Grevistas) outro professor "provisório", ou seja, ele terá que nos Pagar (os que ainda estão de Greve) e pagar mais um Professor para nos substituir provisoriamente. Ai eu pergunto à Todos os Pais e Sociedade em Geral, ele tem dinheiro pra isso ?! Ué !!! Mais ele disse que dinheiro para pagar o aumento (que já deveria ter sido pago desde 2008) e o mesmo ficou enrolando até agora, não tem, como vai ser "isso" ?????? Enquanto ele vai na Mídia (em todos os canais de televisão MENTIR À TODA A SOCIEDADE, DESCARADAMENTE), ele esconde de todos que já se encontra em Nosso Estado, uma Equipe Federal que estará fazendo uma AUDITORIA nas "contas da Educação" para ver se realmente procede a denúncia de que Santa Catarina não está fazendo o repasse de 25% de seu orçamento anual (e consequentemente mensal) dos recursos estaduais, para investir de FATO na EDUCAÇÃO !!! Só sei de uma coisa... MUITA SUJEIRA AINDA VAI SURGIR DESTA LAMA, DESTE DES-GOVERNO !!! Por essas e outras que envio meu Abraço de PAZ e FORÇA à Todos os Professores Guerreiros que Continuam de Greve e que estão Voltando para Ela !!! Aproveito também para enviar Abraços de COMPREENSÃO AOS PAIS CONSCIENTES QUE CONTINUAM DO NOSSO LADO e à Toda Sociedade em Geral !!!
    Abraços ao Magalhães.

    ResponderExcluir
  2. Sejam bem vindos à um dos episódios mais drásticos da história catarinense, amigos.
    Este governo autocrático,inábil, truculento, irresponsável, marginal, falacioso, passou para outra sigla (psd - pode ser desfeito) dia 10/07 p.p., falando em democracia, governo voltado para o povo ordeiro e trabalhador, falando manso e coitadismo, tentando sensibilizar os menos desavisados nas entrelinhas do discurso. No entanto, o povo não se esqueça que a EDUCAÇÃO está na UTI das prioridades sociais mostrando como as verbas educacionais são desviadas, opressão contra professores e alunos, desobediência à ordem pública (desobediência às LEIS), mentiras na mídia com o dinheiro público, tiranias em todos os níveis e formas, contrariando o lema de campanha: EM PRIMEIRO LUGAR AS PESSOAS! Pode-se acreditar em uma pessoa assim? Não. É muita mentira deslavada e irresponsabilidade com o futuro das novas gerações dos jovens catarinenses.
    Convido a todos a uma reflexão frente a esta situação e que tomem um posicionamento contra a tirania e a opressão. O regime de exceção já acabou!?
    Companheiros(as) de chão de sala, A LUTA CONTINUARÁ ATÉ QUE ESSE DES-GOVERNO RESPEITE A CONSTITUIÇÃO ESTADUAL E FEDERAL, SUAS LEIS E PRECEITOS.
    "O HOMEM NASCE COM SEUS INSTINTOS, E A SOCIEDADE O EDUCA OU APRISIONA".
    Que Deus tenha compaixão destes usurpadores.
    Abraços.

    ResponderExcluir