Sinte - Regional de Joinville

Sinte - Regional de Joinville

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Comando de Greve deixa a SED após resposta do Governo

 Por volta das 20hs os representantes do comando de greve deixaram o prédio da Secretaria de Educação, após o retorno do Secretário Adjunto, Eduardo Deschamps.

O Secretário Adjunto trouxe do Centro Administrativo a resposta de que neste final de semana o governo vai estudar a possibilidade de parcelar a recomposição das gratificações ainda este ano e enviará uma resposta por escrito na segunda feira.

3 comentários:

  1. Com todo o respeito: Sinte e governo de SC entendão de uma vez não queremos a regência picada em parcelas queremos o piso agora, a regência sem reduções para ontém e não queremos incorporação do premio educar, queremos nossas aulas exedententes com 100% do valor, acho que não falamos a mesma língua, governo e sinte falam outra diferente de nós professores em sala de aula que estamos tendo prejuízos, o piso é vencimento básico, sem tirar nada, sem incorporar, incorporações hoje é perda para o professor em sala de aula…

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o Bruno, não devemos aceitar a regência parcelada. Por que aceitar se não estamos pedindo regêcia pois ja temos, direito conquistado não se mexe. Estamos sim pedindo o piso ou melhor exigindo o cumprimento de uma lei, então a regência não deve ser mexida tem que continuar com os valores integarl 25% e 40%.
    Rosenilse

    ResponderExcluir
  3. Não haverá predicados para este momento histórico em que as pessoas ordeiras e probas estão realizando em defesa do cumprimento de uma Lei Federal!!!????? O que é que o Ministério Público está fazendo que não se manifesta? É conivente com os desvios de verbas também? Este governo tem que ser despejado pela incapacidade de gerir recursos públicos!!! Os problemas com a Casan e Saúde resolvidos.... Será incompetência do secretário Tebaldi (ah, trabalha com blocos de concreto, não com pessoas, escusem-me). Uma pessoa acusada por desvios à frente da Educação em SC? Este é o fim da linha pro Bastião!!! Não aparece e continua ganhando (será por conta da condenação?), mas quem trabalha é o "coitado" do vice. Serve de estafeta para o sr. Colombo. E este escondido por não saber o que fazer... é brincadeira!
    Como explicar aos jovens que devem respeitar as autoridades, se estas desviam verbas da EDUCAÇÃO para outros setores? Como termos um Estado de Direito se quem está conduzindo não age com retidão?
    Agora só falta o cara mandar os policiais baterem nos professores, e os coitados tem que acatar a ordem por causa da caserna...
    SR. COLOMBO: QUANDO ENTROU NESSA FRIA CHAMADA TRÍPLICE ALIANÇA(até parece o garfo do demo...), SABIA EM QUE PÉ ESTAVAM AS CONTAS DO SR. LHS (que sumiu...) E QUE O TCE NÃO RECOMENDA A APROVAÇAO. ENTÃO, MEXA-SE E TRABALHE, POIS RESPEITE E CUMPRA A LEI. É o mínimo que um governante pode fazer, e com o nosso dinheiro ainda!!!!
    A LUTA CONTINUARÁ ATÉ QUE PAGUE O QUE NOS DEVE.
    COLEGAS DO SINTE: se não tiver proposta plausível conforme referendada pela última Assembléia Estadual, não adianta convidar-nos, pois o referendo será pela continuação da greve.
    Direitos adquiridos são IMEXÍVEIS (regência de classe e aulas excedentes) sem parcelar nada.
    E tenho dito. Abraços.

    ResponderExcluir