Sinte - Regional de Joinville

Sinte - Regional de Joinville

quarta-feira, 13 de julho de 2011

ALESC aprova PLC 026/2011 e greve continua!

Deputados e SINTE/SC denunciam manobra da base do Governo


Por 28 a 8 votos, a ALESC aprovou na tarde de hoje, 13, o Projeto de Lei Complementar 026/2011 que altera a tabela salarial do magistério. Pelo regimento interno da ALESC, o projeto não poderia ser votado em plenário no dia de hoje, pelo fato de não ter passado pelas comissões (Constituição e Justiça, Finanças e Trabalho); mas desrespeitando o regimento do legislativo catarinense a bancada governista garantiu sua aprovação.

Deputados de oposição denunciaram a manobra dos partidos aliados ao Governo Raimundo Colombo e prometeram recorrer judicialmente da decisão. O SINTE/SC já acionou sua assessora jurídica para uma análise da forma como ocorreu a votação do projeto, e pretende buscar a anulação da votação do PLC 026/2011.

O resultado da votação causou polêmica e protestos. Mais de 3 mil trabalhadores em Educação que lotaram a ALESC. Policiais militares e do BOPE foram chamados e houve agressão contra os professores. Uma professora passou mal e foi conduzida para um cardiologista; outras desmaiaram e foram atendidas por soldados do Corpo de Bombeiros. Uma professora foi agredida por um segurança da ALESC e sofreu luxação no dedo; outro professor também teve o dedo machucado devido a agressão dos policiais.

Os trabalhadores do magistério realizaram uma breve reunião no final da votação e repassaram informes e encaminhamentos aos representantes das regionais presentes. A orientação foi de fortalecimento da greve e exigir que o Governo pague o Piso na carreira.

12 comentários:

  1. O PMDB SEMPRE FOI CONTRA A EDUCAÇÃO CATARINENSE. LEMBRAM-SE DO PEDRO IVO QUE MANDOU BATER NOS PROFESSORES NA GREVE DE 1988? E DO PAULO AFONSO QUE FICOU DEVENDO TRÊS MESES DE SALÁRIO? E DO LUIS HENRIQUE QUE ENTROU COM A ADIN PARA NÃO PAGAR O PISO? E QUEM ELEGEU COLOMBO? NÃO FOI A ALIANÇA COM O PMDB? QUANDO OS PROFESSORES DESSE ESTADO VÃO TIRAR AS VENDAS E APRENDER QUE O PMDB FAZ MAL À EDUCAÇÃO? É TRISTE, MUITO TRISTE SABER QUE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES CENTENAS E MILHARES DE PROFESSORES CONTINUARÃO A FAZER CAMPANHAS PARA ESSES FASCISTAS, CORRUPTOS, IMORAIS... TUDO ISSO EM TROCA DE UMA DIREÇÃO DE ESCOLA. NOJO. REPÚDIO. SEM PALAVRAS E ADJETIVOS PARA CARACTERIZAR O ENTERRO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA CATARINENSE. SÓ ME RESTA PARABENIZAR A SOCIEDADE CATARINENSE COMO UM TODO NESSE MOMENTO QUE ELEGEU E CONTINUA A APOIAR A DITADURA FASCISTA NESSE ESTADO. VERGONHA DE SER BRASILEIRO E CATARINENSE. VERGONHA DE SER PROFESSOR NUM ESTADO QUE NÃO CUMPRE AS LEIS. COMO VOLTAR PARA SALA DE AULA E ENSINAR CIDADANIA PARA NOSSOS ALUNOS SE ELA NOS É NEGADA?

    ResponderExcluir
  2. Orides, concordo com TUDO que você diz. E com relação a hoje: O que tem de mais em deputados desrespeitarem um regimento interno se o próprio governo nao respeita uma Lei Federal? Parece piada!! Gostaria que divulgassem os 28 nomes dos Deputados para que possamos divulgá-los a toda a sociedade e principalmente comunidade escolar, mostrando os inimigos da educação! Sem esquecer de fazer isso a cada eleição!!!

    ResponderExcluir
  3. NOME PARTIDO VOTO
    Aldo Schneider PMDB SIM
    Altair Guidi PPS -x-x-
    Ana Paula Lima PT NÃO
    Ângela Albino PC do B NÃO
    Antônio Aguiar PMDB SIM
    Carlos Chiodini PMDB SIM
    Ciro Roza DEM SIM
    Dado Cherem PSDB SIM
    Darci de Matos DEM SIM
    Dirce Heiderscheidt PMDB -x-x-
    Dirceu Dresch PT NÃO
    Dóia Guglielmi PSDB SIM
    Edison Andrino PMDB SIM
    Elizeu Mattos PMDB SIM
    Gelson Merísio DEM SIM
    Gilmar Knaesel PSDB SIM
    Ismael dos Santos DEM -x-x-
    Jailson Lima PT NÃO
    Jean Khulman DEM SIM
    Joares Ponticelli PP SIM
    Jorge Teixeira DEM SIM
    José Milton Scheffer PP SIM
    José Nei Ascari DEM SIM
    Kennedy Nunes PP SIM
    Luciane Carminatti PT NÃO
    Manoel Mota PMDB SIM
    Marcos Vieira PSDB SIM
    Maurício Eskudlark PSDB SIM
    Mauro de Nadal PMDB SIM
    Moacir Sopelsa PMDB SIM
    Narcizo Parizotto PTB SIM
    Neodi Saretta PT NÃO
    Nilson Gonçalves PSDB SIM
    Padre Pedro Baldissera PT NÃO
    Reno Caramoni PP SIM
    Romildo Titon PMDB SIM
    Sargento Amauri Soares PDT NÃO
    Silvio Dreveck PP SIM
    Valmir Comin PP SIM
    Volnei Morastoni PT -x-x-

    ResponderExcluir
  4. ACIMA A LISTA DE TODOS OS INIMIGOS DA EDUCAÇÃO CATARINENSE. PROFESSORES: DIVULGUEM MACIÇAMENTE NAS ESCOLAS. PMDB, PSDB, DEM: NUNCA MAIS!

    ResponderExcluir
  5. Bom, vim expressar minha opinião, uma visão diferente, pelo menos não vi ainda nos comentários deste post. Opinião de aluno, se é que tal ainda valha algo.
    Qual a garantia que os professores dão para a não perda do ano letivo?
    Sobre a agressão acima descrita, vocês se fizeram de vítima, como era de se esperar. Será mesmo que não fizeram NADA para serem detidos? De que os policiais estavam detendo vocês de fazerem?
    Dizem-se dentro das leis a cada oportunidade que lhes é dada. Aquele tumulto todo visto hoje não é considerado Perturbação do Sossego Alheio (Art. 42. Perturbar alguém, o trabalho ou o
    sossego alheios: I - com gritaria ou algazarra; ...).
    Razão? Onde? Deve estar pelo chão, por onde a corja passa.

    ResponderExcluir
  6. Sejam bem vindos à um dos episódios mais drásticos da história catarinense, amigos.
    Este governo autocrático,inábil, truculento, irresponsável, marginal, falacioso, passou para outra sigla (psd - pode ser desfeito) dia 10/07 p.p., falando em democracia, governo voltado para o povo ordeiro e trabalhador, falando manso e coitadismo, tentando sensibilizar os menos desavisados nas entrelinhas do discurso. No entanto, o povo não se esqueça que a EDUCAÇÃO está na UTI das prioridades sociais mostrando como as verbas educacionais são desviadas, opressão contra professores e alunos, desobediência à ordem pública (desobediência às LEIS), mentiras na mídia com o dinheiro público, tiranias em todos os níveis e formas, contrariando o lema de campanha: AS PESSOAS EM PRIMEIRO LUGAR!!! Pode-se acreditar em uma pessoa assim? Não. É muita mentira deslavada e irresponsabilidade com o futuro das novas gerações dos jovens catarinenses.
    Convido a todos a uma reflexão frente a esta situação e que tomem um posicionamento contra a tirania e a opressão. O regime de exceção já acabou!?
    Companheiros(as) de chão de sala, A LUTA CONTINUARÁ ATÉ QUE ESSE DES-GOVERNO RESPEITE A CONSTITUIÇÃO ESTADUAL E FEDERAL, SUAS LEIS E PRECEITOS.
    "O HOMEM NASCE COM SEUS INSTINTOS, E A SOCIEDADE O EDUCA OU APRISIONA".
    Que Deus tenha compaixão destes usurpadores.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Jovem Tiago, a sociedade contemporânea passa por estresses bons e ruins. Procure saber em qual deles você poderá enquadrar um profissional que estava lá!
    Muitos de nós tiramos dinheiro (mísero) do bolso, ou fazemos "vaquinha" com os alunos, para você ter uma aula ou experiência científica diferente, porque o estado se omite e não temos suporte pedagógico (humano e material). Antes de você criticar a circunstância, você sabe o que está sendo exigido? Aplicação de Lei amigo, transitada e julgada há 03 anos atrás. Tem-se que esperar mais 03 anos...... E a qualidade de ensino que você recebe! Se contenta com isto? Você (e muitos outros)deveriam estar com seus respectivos genitores pressionando o governo a cumprir a Lei. Só isso.
    Então jovem, antes de falar bobagem (respeito a bobagem) procure entender, pensar no mundo das ideias o que ocorre, o porquê, prá quê, prá quem, como,.....
    Aí você poderá criticar, mas não esqueça, atrás da crítica deve vir junto um ponto de vista prá solução sã. Entendeu?
    Abraço jovem.

    ResponderExcluir
  8. Não nos fizemos de vítima, ficamos revoltados contra injustiça quando a bancada governista rasgou o estatuto interno da ALESC para patrolar a discussão.
    Foi uma revolta contra as inúmeras agressões contra nós e nossas famílias, assédio moral, mentiras e corte de salários.
    Meu caro estudante paz sem justiça social é uma farsa procure os livros de história e vai ver que só com muita luta os trabalhadores venceram o autoritarismo das elites econômicas.
    Você pode perder um ano e a sociedade sabe quanto ela está perdendo?

    ResponderExcluir
  9. Agora é que iniciou-se de fato a luta pelos nossos direitos previamente adquiridos. Além dos recursos dos tribunais de justiça (oxalá exista, o estado não pode ser refem de bandido), há nós que demos aulas de cidadania e resiliência frente à opressão e desdém contra o professor neste estado.
    A luta não está perdida, muito menos a batalha, pois nós temos ideias, sugestões, conhecimento, formação (particular). Somos cidadãos porque não nos omitimos e sim mostramos à sociedade a corrupção existente no governo há tempos, e com a conivência de organismos que deveriam defender o povo catarinense (Alesc, TJ,MP,....)
    Esses 28 senhores(as) rasgaram até as leis internas para receberem não se sabe quanto, pois a matéria, passível de contestação, não passou pelas comissões, trâmites necessários, quer dizer, foi uma votação que não está expressa a vontade popular. Pode ser suspensa pelas autoridades de direito (se existe lei neste estado).
    Nós não nos acovardamos e tampouco negociamos nossa dignidade, respeito, altivez, brio, solidariedade, e também não iremos fazer isto. Temos uma formação, um objetivo, um norte na educação, que é tentar desvendar os olhos da comunidade e futuras gerações frente à ignorância que muitos têm, entretanto, necessitamos de humanidade da parte da sociedade, conhecimento e reconhecimento de causa para vislumbrar-mos um futuro a todos.
    Amigos de labuta de chão de sala, o que ocorreu nos fortalece mais ainda na deposição de crápulas, desonestos, improbos representantes públicos (governador, deputado, vereador, prefeito, presidente, senador, deputados federais,...).
    Agora tem que haver intervenção federal no estado, pois não foram discutidas as 03 emendas da deputada Carminatti que garantiria 100% de aplicação do FUNDEB. Temos que ficar atentos se os desvios irão continuar acontecendo.
    Continuemos com o pedido de "impeachment" do sr. Colombo por improbidade administrativa (já há muitos processos desta natureza) e outros tantos que não sou jurista para enumerá-los, exigindo NOSSO PISO SALARIAL NA CARREIRA (a votação de ontem foi engodo, falaciosa, por representantes das mentiras), resguardar nossa dignidade "PORQUE PODEM ROUBAR-ME A VIDA, MAS NÃO MINHAS IDEIAS E IDEAIS".
    Enfim a luta continuará, porque meus alunos não são instruídos a serem desonestos, ladrões, usurpadores de sonhos...
    Contem comigo amigos que foram resilientes, que a luta continua!
    "OS PODEROSOS PODEM ESMAGAR AS ROSAS, MAS NÃO PODERÃO DETER O RESPLENDOR DA PRIMAVERA".
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. CONCORDO PLENAMENTE PROFESSOR RENATO. TODOS NÓS DEVEMOS MANTER A UNIÃO E DENUNCIAR SISTEMATICAMENTE OS DESMANDOS QUE OCORREM NA EDUCAÇÃO CATARINENSE. IMPEACHMENT JÁ!

    ResponderExcluir
  11. "IMPEACHMENT JÁ!"
    No momento em que vocês conseguirem que PELO MENOS os professores compareçam aos movimentos, já será uma grande vitória para vocês.

    ResponderExcluir