Sinte - Regional de Joinville

Sinte - Regional de Joinville

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Mais de 15 mil trabalhadores da Educação

Assembleia estadual decide que a greve continua

Cerca de 15 mil trabalhadores em Educação participaram da assembleia estadual da categoria, realizada no dia, 9/06, na Passarela do Samba Nêgo Quirido, em Florianópolis. Por unanimidade, os trabalhadores do magistério rejeitaram a proposta apresentada pelo Governo na última 4ª feira e decidiram pela continuidade da greve.

O resultado ratificou o encaminhamento das assembleias regionais, realizadas na 3ª feira, 7, de manutenção da paralisação na defesa da implantação do Piso na carreira e a garantia de direitos historicamente conquistados.

A assembleia estadual aprovou, também de forma unânime, uma nova proposta para ser analisada pelo Governo, propondo a implantação do Piso na carreira de forma parcelada (de abril a dezembro de 2011) com percentuais que variam de 4,9% em abril até 8,48% em dezembro.

A categoria exige ainda a manutenção da tabela salarial (2.75% nas referências e 8,48%) nos níveis, em dezembro de 2011. Os valores nas tabelas é de apenas vencimento, sem qualquer gratificação, e os valores do prêmio educar, prêmio jubilar e prêmio assiduidade estão incorporados nos da tabela salarial.

Os trabalhadores da Educaçao reivindicam a manutenção de todas as gratificações do plano de carreira do magistério.
O ofício com a proposta do SINTE/SC foi protocolado hoje à tarde na SED e recebida pelo secretário-adjunto Eduardo Deschamps. Deschamps informou que até a próxima terça-feira, 14, receberá novamente o Comando Estadual de Greve para informar a posição do Governo sobre a proposta apresentda pelo magistério.

A assembleia estadual , mais uma vez, parou a cidade de Florianópolis numa grande caminhada pelas ruas centrais da capital catarinense até o Terminal Central de Ônibus, onde, ao som do Hino Nacional, foi encerrado o ato dos professores da rede pública estadual.

Além da população, prestaram apoio à greve do SINTE/SC os deputados Luciene Carminatti, Angela Albino, Pedro Uczai, Dirceu Dresh, Padre Pedro, Neodir Saretta, Sargento Soares, e os vereadores Márcio de Souza e Ricardo Vieira, o presidente estadual da CUT, Neudi Giachini e lideranças do Sintaema/SC.


Nenhum comentário:

Postar um comentário